QuickCheck


Playlist do curso: https://www.youtube.com/playlist?list=PLYItvall0TqJ25sVTLcMhxsE0Hci58mpQ

1 QuickCheck: testes baseados em propriedades

1.1 Testando propriedades do algoritmo

  • Uma parte importante da Engenharia de Software é o teste de seu produto final. Dado que o programa compilou sem erros, ele faz o que é esperado?

  • O Haskell permite, em algumas situações, provar matematicamente que seu programa está correto (usando indução).

  • Outra forma de verificar a corretude é fazer testes de entrada e saída das funções criadas e verificar se elas apresentam as propriedades esperadas.

1.2 QuickCheck: introdução

  • O QuickCheck é uma ferramenta para teste de código baseado em propriedades
    • Princípios
      1. Define-se uma propriedade (invariante) do algoritmo
      2. O mecanismo de teste gera automática e aleatoriamente casos de teste
  • Método complementar aos testes baseados em exemplos (i.e. testes de unidade)

1.3 Testando propriedades do algoritmo

Se você criou um novo algoritmo de ordenação, que propriedades são esperadas?

  • A lista de saída está ordenada
  • A lista de saída tem o mesmo tamanho da lista de entrada
  • A lista de saída contém os mesmos elementos da lista de entrada

1.4 Criando um projeto

Vamos criar nosso primeiro projeto completo com o stack:

> stack new quickcheck simple
  • Edite o arquivo quickcheck.cabal e acrescente o seguinte ao final da linha build-depends:
build-depends: base >= 4.7 && <5, QuickCheck

Digite:

> stack setup
> stack build

2 Exemplo 1: QuickSort

Uma famosa implementação no estilo funcional de QuickSort é mostrada abaixo:

  • Copie e cole em seu arquivo Main.hs
import Test.QuickCheck

qsort :: Ord a => [a] -> [a]
qsort []     = []
qsort (x:xs) = qsort lhs ++ [x] ++ qsort rhs
  where
    lhs = [e | e <- xs, e < x]
    rhs = [e | e <- xs, e > x]

Esse código contém um erro!

2.1 Funções de propriedades

Vamos testar uma primeira propriedade de algoritmos de ordenação: idempotência .

Queremos mostrar que qsort (qsort xs) == qsort xs:

prop_idempotencia :: Ord a => [a] -> Bool
prop_idempotencia xs = qsort (qsort xs) == qsort xs

2.2 Idempotência

Vamos testar essa função no ghci (use stack ghci no diretório do seu projeto):

> :r
> prop_idempotencia [1]
True
> prop_idempotencia [1,2,3,4]
True
> prop_idempotencia [3,2,4,1]
True
> prop_idempotencia [4,3,2,1]
True
> prop_idempotencia []
True

2.3 Tamanho da lista

Outra propriedade é que o tamanho da lista seja o mesmo após a execução do algoritmo:

prop_length :: Ord a => [a] -> Bool
prop_length xs = length (qsort xs) == length xs
> :r
> prop_length [1]
True
> prop_length [1,2,3,4]
True
> prop_length [3,2,4,1]
True
> prop_length [4,3,2,1]
True
> prop_length []
True

2.4 Casos de teste

  • Os casos de teste utilizado são representativos?

  • A biblioteca QuickCheck automatiza a geração de dados para testes (e faz outras coisas úteis também).

2.5 Verificando nossas propriedades

> quickCheck prop_idempotencia
+++ OK, passed 100 tests.
> quickCheck prop_length
*** Failed! Falsifiable (after 4 tests):
[(),()]

Oops!

2.6 QuickCheck

  • A biblioteca QuickCheck gera casos de testes progressivos, começando de casos simples até casos mais complexos em busca de erros.

  • Ao encontrar um erro, ele retorna a instância mais simples que deu errado.

Para entender melhor vamos executar essa função para listas de inteiros:

> quickCheck (prop_length :: [Int] -> Bool)
*** Failed! Falsifiable (after 5 tests and 1 shrink):
[1,1]
  • O que houve?
> qsort [1,1]
[1]

2.7 Corrigindo o QuickSort

Basta alterar para não descartar os elementos iguais a x:

import Test.QuickCheck

qsort :: Ord a => [a] -> [a]
qsort []     = []
qsort (x:xs) = qsort lhs ++ [x] ++ qsort rhs
  where
    lhs = [e | e <- xs, e <= x]
    rhs = [e | e <- xs, e > x]

Agora sim! 🎉

> quickCheck (prop_length :: [Int] -> Bool)
+++ OK, passed 100 tests.

2.8 Quicksort com filter

  • Veremos funções de alta ordem nas próximas aulas.
  • Se as usarmos, o código que fizemos com compreensão de listas pode ser simplificado.
import Test.QuickCheck

qsort :: Ord a => [a] -> [a]
qsort []     = []
qsort (x:xs) = qsort lhs ++ [x] ++ qsort rhs
  where
    lhs = filter (<=x) xs
    rhs = filter (>x) xs

2.9 Mínimo == head

Outra propriedade é que primeiro elemento da lista é igual ao mínimo:

prop_minimum :: Ord a => [a] -> Bool
prop_minimum xs = head (qsort xs) == minimum xs

Vamos testar essa função no ghci (use stack ghci):

> quickCheck prop_minimum
*** Failed! Exception:
'Prelude.head: empty list' (after 1 test):
[]

Tanto a função minimum quanto a função head retornam erro em listas vazias, podemos especificar que não queremos testar instâncias nulas com o operador ==> (implicação):

prop_minimum :: Ord a => [a] -> Property
prop_minimum xs = not (null xs)
		  ==> head (qsort xs) == minimum xs

Esse operador retorna uma propriedade interpretável pelo quickCheck.

  • Vamos testar essa função no ghci (use stack ghci):
> quickCheck prop_minimum
+++ OK, passed 100 tests.

2.10 Testando com um modelo

Finalmente, se temos um algoritmo que cumpre a mesma tarefa e temos certeza de que está correto, podemos usá-lo na comparação:

import Data.List  -- sort

prop_model :: Ord a => [a] -> Bool
prop_model xs = qsort xs == sort xs

3 Exemplo 2: Testando a paridade

  • Queremos escrever uma função que devolva True caso o número recebido como parâmetro seja par, e False caso contrário.
par x = x `mod` 2 == 0
  • Para testar a função, defino a propriedade: o sucessor de todo par é ímpar
prop_alternanciaParImpar :: Integral a => a -> Bool
prop_alternanciaParImpar n = par n /= par (n + 1)
  • Vamos testar essa função no ghci (use stack ghci):

    > quickCheck prop_alternanciaParImpar
    +++ OK, passed 100 tests.
    

3.1 Se par não ímpar

  • Como já temos a função par, é um tanto desnecessário definir a função ímpar como abaixo. Mas o exemplo é interessante para mostrar o uso da função ==> (implicação)

  • Quero testar com a propriedade: Se n é par logo não é ímpar

impar x = x `rem` 2 == 1

prop_seImparNaoPar n = par n ==> not (impar n)

4 Exemplo 3: Fatorial

  • Defina uma função que calcule o fatorial de um número
  • Teste o correto funcionamento da função usando o QuickCheck

4.1 Fatorial - Tentativa 1

  • Propriedade: \((n+1)! = (n + 1) \cdot n!\)
fatorial:: Integral a => a -> a
fatorial n
    | n == 1 = 1
    | otherwise = n * fatorial (n - 1)

prop_fatorialNFatorialNMaisUm n =
    fatorial n * (n + 1) == fatorial (n + 1)
fatorial:: Integral a => a -> a
fatorial n
    | n == 1 = 1
    | otherwise = n * fatorial (n - 1)

prop_fatorialNFatorialNMaisUm n =
    fatorial n * (n + 1) == fatorial (n + 1)

fim comentario –>

  • Não funciona pois não contempla 0!

4.2 Fatorial - Tentativa 2

fatorial:: Integral a => a -> a
fatorial n
    | n == 0 = 1
    | otherwise = n * fatorial (n - 1)

prop_fatorialNFatorialNMaisUm n =
    fatorial n * (n + 1) == fatorial (n + 1)
  • E agora, vai?
  • Também não funciona: desta vez o problema está na propriedade .
  • Não especificamos que só faz sentido para números positivos.
  • Poderíamos resolver usando ==> como anteriormente, mas há um jeito melhor!

4.3 Fatorial - Solução

fatorial:: Integral a => a -> a
fatorial n
    | n == 0 = 1
    | otherwise = n * fatorial (n - 1)

prop_fatorialNFatorialNMaisUm (NonNegative n) =
    fatorial n * (n + 1) == fatorial (n + 1)

5 QuickCheck vs. Conjectura de Collatz

  • A conjectura de Collatz é bem simples de formular de maneira informal:
  • Dado um número natural, se o número é par então divida por 2; senão multiplique por 3 e adicione 1.
  • A conjectura afirma que, após um número finito de iterações, alcança-se o número 1 para qualquer número inicial.
  • Vamos utilizar o QuickCheck para verificar a conjectura

  • Lembre-se o QuickCheck dizer que algo passou em X testes apenas quer dizer que ele \textbf{não encontrou} nenhum contra-exemplo para a propriedade sendo testada, não que a propriedade tenha sido provada.

  • Isso é análogo a Unit Tests, onde os testes passarem não provam a ausência de bugs.

collatz :: Integral a => a -> a
collatz 1 = 1
collatz n
  | par n = collatz (n `div` 2)
  | otherwise = collatz (3 * n + 1)

prop_collatz (NonNegative n) =
  collatz n == 1
  • Vai passar?

5.1 Collatz - Tentativa 2

collatz :: Integral a => a -> a
collatz 1 = 1
collatz n
  | par n = collatz (n `div` 2)
  | otherwise = collatz (3 * n + 1)

prop_collatz (Positive n) =
  collatz n == 1

Então temos:

> quickCheck prop_collatz
+++ OK, passed 100 tests.

5.2 Collatz - Alternativa

  • Também podemos alterar o número de testes desejados
> quickCheckWith stdArgs {maxSuccess = 5000} prop_collatz
+++ OK, passed 5000 tests.

Em breve veremos records e a sintaxe acima.

5.3 Para saber mais

6 Disclaimer

Estes slides foram preparados para os cursos de Paradigmas de Programação e Desenvolvimento Orientado a Tipos na UFABC.

Este material pode ser usado livremente desde que sejam mantidos, além deste aviso, os créditos aos autores e instituições.